Articles by Fabienne Simenel

You are currently browsing Fabienne Simenel’s articles.

O Abaré realizará mais uma jornada cirúrgica atendendo a população ribeirinha

Entre os dias 14 e 23 de agosto a unidade móvel de saúde Abaré estará no rio Tapajós para realizar atendimento cirúrgico à população ribeirinha. A equipe do barco, composta por médicos e enfermeiras do Projeto Saúde e Alegria, a Secretaria Municipal de Saúde de Santarém, Belterra e Aveiro e a equipe médica voluntária dos Expedicionários da Saúde, realizarão 120 cirurgias no prazo de cinco dias.

O Abaré ficará sediado na comunidade de Enseada de Amorim, situada na Reserva Extrativista na margem do rio Tapajos. A expectativa é que sejam realizadas no navio cerca de 120 cirurgias: 30 de catarata, 40 de pterígio (doença que provoca o crescimento de uma espécie de membrana sobre o olho, impedindo a visão) e 50 cirurgias gerais, de baixa complexidade. Já foram realizadas triagens para pacientes das duas margens do rio, moradores da Reserva Extrativista e a Floresta Nacional do Tapajós.

Esta é a quarta vez que Expedicionários da Saúde se une ao Projeto Saúde e Alegria para o atendimento a essa população. Expedicionários da Saúde (EDS) é uma organização não-governamental e sem fins de lucro. EDS tem como missão de levar atendimento médico especializado, principalmente cirúrgico, às populações geograficamente isoladas, preferencialmente indígenas, na região amazônica.

A unidade móvel de saúde Abaré, financiado por Terre des Hommes Holanda, foi construido para enfrentar as condições amazônicas de secas e enchentes dos rios. Está equipado com salas e um grande centro cirurgico para atendimento médico e odontológico. O Abaré conta ainda com equipamentos para exames clínicos e o suporte de um barco motor funcionando como ambulância, mais conhecido como “Ambulancha”, para o resgate de pacientes em emergências.

Enchentes prejudicaram a qualidade da água nas comunidades ribeirinhas

No mês de maio e junho, em plena época de chuva, foi realizada uma pesquisa da qualidade de água nas duas margens do Rio Tapajós. A pesquisa fez parte das ações do barco Abaré na FLONA e RESEX e mostrou resultados preocupantes: em todas as comunidades pesquisadas a água era de qualidade comprometida.

Água de qualidade boa, chamada de água pura, deve ser totalmente transparente e inodora, sem gosto,  nem cheiro. Também não deve ter elementos químicos indesejáveis como nitritos e nitratos e não pode ter bactérias. A pesquisa, realizada pela equipe do Abaré, as Prefeituras de Santarém e Belterra e pesquisadores voluntários, teve foco nestes elementos.

Doutor Fábio Tozzi, coordenador do núcleo de Saúde Comunitária do PSA disse, sobre os resultados: “Na maior parte das comunidades a água era transparente e inodora, mas nós observamos em todas a presença de bactérias, principalmente das bactérias que são de um grupo chamado coliformes”. Coliformes são bactérias que se encontram nos esgotos e nas fossas e entram a água através do contato da água de boa qualidade com os dejetos humanos ou de animais.

Read the rest of this entry »

A partir do dia 24 de julho, a unidade móvel de saúde Abaré estará navegando no Rio Arapiuns para realizar uma jornada de odontologia. Até o dia 29, os comunitários que foram triados serão atendidos por uma equipe interdisciplinar do Projeto Saúde e Alegria, da Secretaria Municipal de Saúde de Santarém e do Colégio Internacional de Dentistas e . O Colégio Internacional de Dentistas é a organização internacional de odontologia mais reconhecida no mundo, e tem como objetivo avançar a ciência de odontologia para a saúde e o bem-estar do público num nível internacional.

Por que fazer uma jornada só de odontologia? “Temos observado enorme incidência de carie dentaria e patologias afins na população atendida pelo projeto”, explica Doutor Fábio Tozzi, coordenador do Núcleo de Saúde Comunitária do PSA.  As causas deste problema: dieta rica em carbohidratos, falta de higiene oral, água sem tratamento e sem adição de flúor. E por fim, a dificuldade de acesso a serviços de saúde.

A jornada benificiará cerca de 900  moradores de 63 comunidades do Rio Arapiuns e Maró. Será dada preferência à população mais jovem, com enfoque às crianças em idade escolar.

Read the rest of this entry »

No dia 11 de maio a unidade móvel de saúde ABARÉ saiu de novo da cidade de Santarém para fazer mais uma viagem de atendimento médico. No mês de maio, o barco atenderá comunidades na Floresta Nacional do Tapajós e na Reserva Extrativista do município de Aveiro. Acompanhe o calendário desta viagem!

Read the rest of this entry »

É legal ter cachorro, mas tem que cuidar também! O animal pode transmitir doenças para seres humanos. A equipe do Abaré está tentando, mediante a Secretaria Municipal de Saúde de Santarém, garantir a vacinação animal contra a raiva. Nas últimas viagens do Abaré em março e abril, a equipe da Prefeitura também realizou coleta de sangue dos cachorros na RESEX – Tapajós. O motivo era tentar detectar uma doença chamada leishmanioze ou calazar. É uma doença que afeta pessoas e alguns animais. Através da coleta de sangue, o Agente Comunitário de Saúde pode fazer um exame sorológico, só assim podemos identificar os cachorros doentes. Se o cachorro estiver doente, ele deve ser recolhido e eutanasiado.

Com apoio dos comunitários, a equipe da Prefeitura faz coleta de sangue nos cachorros

O risco para crianças pegarem essa doença é grande, é importante prevenir! Os sintomas são febre, diarréia e aumento do abdômem (barriga grande). Se seu cão estiver apresentando estes sintomas, procure o serviço de saúde do seu município.

Por Jacobien Nagel

O Abaré terminou o primeiro trimestre do ano com ótimos resultados. Os meses de março e abril se destacaram pelas viagens na RESEX-Tapajós, município de Santarém: 1059 consultas médicas foram realizadas nas comunidades ribeirinhas. Além de consultas, pequenas cirurgias e outros tipos de atendimento médico, o pessoal da prefeitura de Santarém e a equipe do PSA trabalhou muito para enfocar na prevenção de doenças.

Read the rest of this entry »