Articles by Elis Lucien

You are currently browsing Elis Lucien’s articles.

O Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA completou sua ‘maioridade’ no último dia 13 de Julho – 21 anos de existência. A Lei N° 8.069, de 13 de Julho de 1990. Essa Lei, veio para assegurar sem distinção de raça, cor e religião à proteção integral ao desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social nessa fase infanto-juvenil.

Read the rest of this entry »

O Ministério da Saúde em parceria com os estados e municípios por intermédio do Programa Nacional de Imunizações, lança neste sábado, dia 18 de junho, a etapa de mobilização da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite – é comum ocorrer em crianças, mas também ocorre em adultos. A única forma de prevenção eficaz é a vacinação. Não deixe de levar as crianças de 0 a 5 anos para tomarem as duas gotinhas contra a Paralisia Infantil.

E atenção para a agenda do barco abaré. A unidade de Saúde estará retornando seu atendimento as comunidades dos municípios de Santarém, Belterra e Aveiro, a partir dessa segunda-feira, dia 20 de junho.

Nessa terça feira , dia 21 de junho, o Abaré inicia sua rodada de atendimento, pela manhã na comunidade de Vila Franca. No período da tarde, vai estar em Maripá, Santi e Curipatá.

Na quarta-feira, dia 22, atende pela manhã, as comunidades de Anumã e Carão. A tarde estará atendendo em Pedra Branca e Solimões.

Na quinta-feira, dia 23, o atendimento acontece em Capixauã, pela manhã. E tarde em Suruacá.

Na sexta-feira, dia 24, vai estar pela manhã em Mapiri e Cabeceira do Ukena. A tarde estará em Vila de Amorim.

No sábado, dia 25, atenderá pela manhã a comunidade de Enseada do Amorim. A tarde em Cabeceira do Amorim, Limãotuba, Brinco das Moças e Pajurá.

No domingo, estará pela manhã em Parauá. E a tarde atende a comunidade de Surucuá.

Segundo a Organização Mundial de Saúde o termo Saúde refere-se “um estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não, simplesmente, a ausência de doenças ou enfermidades”. Os conceitos são inúmeros: …é sentir-se bem; …é fazer o que você quiser sem reclamar de nada;  …é não ter doença alguma;etc. A saúde depende de cada um, ela reflete o bem estar do nosso convívio com outras pessoas e com o meio.

O jornal O Piquiá, da comunidade de Piquiatuba flona Tapajós, procurou saber como estar as condições de saúde. Veja como foi:

Odenice: Com as grandes Mudanças Climáticas que ocorrem no planeta, a saúde do ser humano esta sendo cada vez mais prejudicada. Quais são as doenças mais comuns que ocorrem na comunidade de Piquiatuba?

Rosiane Santos – Técnica em Enfermagem: Nos últimos meses, o que temos visto é: virose, gripe comum, diarréia ou infecção intestinal.

Odenice: Quais são os principais cuidados que devemos ter para evitar essas doenças?

Rosiane: Usar cloro na água para beber, lavar frutas e verduras com o cloro antes de comer, lavar os alimentos, não tomar água muito gelada por causa da garganta. Ter muito cuidado com as moscas, para não sentarem nos alimentos. E ensinar as crianças a terem higiene corporal.

Odenice: Quais são as condições do funcionamento do Posto de Saúde?

Rosiane: No momento só estamos fazendo atendimento básico e urgência. Os casos de emergência, encaminhamos para Belterra. E a partir  do mês de junho a secretaria de saúde estará iniciando a reforma do posto para implantar o PSF (Programa Saúde da Família), onde  teremos uma equipe de Médico, Enfermeira e Técnicos trabalhando para fazer o melhor atendimento para nossos comunitários.

Entrevista retirada do jornal comunitário de Piquiatuba: O Piquiá.

Reportagem: Odenice Neves

Câncer de mama uma doença que está preocupando não só a classe da saúde, mas a população geral. * “No Brasil, os óbitos por câncer de mama, representa 16% da mortalidade por neoplasias malignas entre as mulheres, onde 3% de todas as causas de morte”.  Por isso, é fundamental o auto-exame das mamas, realizado mensalmente para detectação de glândulos (caroço), no tecido mamário. Caso, não consiga realizá-lo sozinha (o), busque ajuda de um profissional nos Postos de Saúde ou Centros de Referências para devidos procedimentos. * “O Câncer de mama é uma doença do genoma, resultante de um acúmulo de deficiências genéticas, hereditárias ou adquiridas mediante uma série de insultos ambientais, tais como dieta, poluição, estresse, substâncias químicas, carginogênicas e radiação, entre outras”.

A comunidade de Vila de Amorim, rio Tapajós está incluída  neste percentual de preocupação com as mulheres de sua abrangência. Neste contexto, realiza palestra educativas com temas transversais à exemplo do Câncer da Mama,  realizado na escola José de Melo Filho, com equipe do navio Abaré.  Objetivo de sensibilizar as mulheres sobre a importância do auto-exame e auto-estima.

 

 

 

 

 

 

 

* Duncan, Bruce B. Medicina ambulatorial: condutas de atenção primária baseada na convivência. Bruce B Duncan, Maria Inês Schmidt, Elsa R.J. Giugliani…et al. – 3 ed. Porto Alegre: Artmed, 2004.

A descentralização do SUS e fortalecimento do Controle Social é o tema da  VII Conferência Municipal de Saúde de Belterra. Com objetivos de: Discutir e avaliar a situação da saúde da população e propor as diretrizes para a formulação da política da saúde do Município; Analisar o resultado das ações e serviços prestados pela Secretaria de Saúde; Aprovar diretrizes para as políticas de saúde e Eleger as entidades que irão compor o Conselho Municipal de Saúde de Belterra, para o biênio 2011 e 2012.A VII Conferência Municipal de Saúde  é uma realização do Conselho Municipal de Saúde com apoio da: Secretaria Municipal de Saúde e Prefeitura Municipal de Belterra em parceria com Projeto Saúde e Alegria. A Conferência visa buscar soluções oriundas das propostas debatidas nas comunidades e trazidas pelos Delegados que foram escolhidos nessas Pré-Conferências realizadas dentro das comunidades do município e que durante os dias 28 e 29 de Abril, os Delegados escolhidos debatem, analisam e aprovam as propostas aprovadas em plenária.

No dia 28, a solenidade contou com a presença do Prefeito de Belterra Geraldo Pastana na composição da mesa. A  Sra. Mary Glaucy Neves da 9ª CRS/SESPA  ministrou a palestra “Descentralização do SUS” e o Dr. Fábio Tozzi do Projeto Saúde e Alegria esclareceu a Transformação no atendimento das comunidades ribeirinhas atendidas pelo navio Abaré. A sra. Elizelma Macedo, Secretária de Saúde de Belterra fechou a Conferência falando do Financiamento e Ações da Secretaria de Saúde do Município.

 

 

Dicas de amamentação na comunidade de Vila Franca. “O leite materno tem tudo que o bebê precisa até os 6 meses, inclusive água, e é de mais fácil digestão do que qualquer outro leite, porque foi feito para ele” segundo a Caderneta de Saúde da Criança.

O ministério da Saúde desde 1996, propôs a criação do Programa Nacional de Controle da Dengue. Desde então, a Campanha contra o mosquito da Dengue está lançado em todo o território brasileiro.

E a equipe de Saúde do Abaré, as comunidades e a Caravana de Educação do Saúde e Alegria estão mobilizados nesta campanha. Para reforçar esses cuidados a Caravana de Educação do navio Abaré desenvolveu com as comunidades de Solimões, Vila de Amorim, Cabeceira do Amorim e Nuquini ações educativas neste combate.

Read the rest of this entry »

A suplementação de ferro foi adotada no Brasil em 1999, com a Portaria nº 710/GM, de 10 de Junho do referido ano através da Política Nacional de Alimentação e Nutrição e no Compromisso Social para a redução da Anemia. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), anemia é definida como a condição na qual o conteúdo de hemoglobina no sangue está abaixo do normal como resultado da carência de um ou mais nutrientes essenciais.

A Unidade de Saúde da Família Fluvial navio Abaré realiza este programa em comunidades pólos e dentro da Unidade através do acompanhamento e monitoramento de familias ribeirinhas que fazem parte desse programa. O público atingido são:  crianças de 6 a 18 meses, gestantes a partir da 20ª semana e mulheres até o 3º mês pós-parto. Segundo a enfermeira Marcela Brasil, “Infelizmente não podemos inscrever todas as crianças de nossa área de atuação mas, quando há novas inscrições avisamos o Agente Comunitário de Saúde e ele avisa as comunidades incluídas”.

Aveiro é uma cidade ribeirinha da Amazônia com 229 anos de fundação. Segundo populares, conta com 23 mil habitantes distribuídos nos bairros do: Morrinho, Poeirão, Cidade Nova, Aningal e Laguinho e têm sua devoção em Nossa Senhora da Conceição, padroeira do lugar. Além da cidade, conta com as comunidades ribeirinhas: Andurú, Cametá, Pinhel, Camarão, Escrivão (Resex Aveiro), Tavil, Godinho, Açaituba, São Francisco das Chagas, Uruará, Flexal, São Raimundo (comunidades do rio Cupari), Itapuama, Jutuaranae Paraíso (Flona Aveiro).

Read the rest of this entry »

Posto de Saúde de Paraúa

Em outros tempos, vacinar só em casos de extrema urgência ou quem iria viajar para lugares desconhecidos. Hoje, temos o Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde (PNI/MS) que disponibiliza vacinas nos postos de vacinação da rede pública em todo o território brasileiro e somos convocados desde do nascimento até a melhor idade, à irmos ao posto de saúde mas próximo de nossas casas, para nos prevenir de algumas doenças. E na Unidade de Saúde da Família Fluvial( navio Abaré), não é diferente disponibiliza vacinação na própria unidade e pelas equipes de levam a imunização nas comunidades atendidas. Segundo informações dos Técnicos em Enfermagem PSF Aramanair:  Rosemiro Peres de Sousa e João Eudes Pires Segundes PSF Prainha-Belterra, “o calendário de vacina das comunidades estão em dia e com inclusão de novas vacinas como: Pneumococos (Pneumonia)  e Miningococica C (Menningite) para as famílias do município de Belterra”.

Read the rest of this entry »

« Older entries